quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Anúncio futurista faz pressão para COP-15

Um Lula velhinho, pedindo desculpas por sua má atuação na COP-15. Por enquanto, essa cena pode ser vista, apenas, em nossas mentes e nos aeroportos de Copenhague, na Dinamarca.

O Greenpeace lançou esta campanha para chamar a atenção da população para a COP-15 e, assim, pressionar os líderes mundiais que participarão do encontro. Sabe o que eles fizeram dessa vez? Encheram o aeroporto de Copenhague, na Dinamarca, de anúncios como este, que está acima na foto.

É o presidente Lula, em uma versão mais velha – como se estivesse no ano de 2020 –, dizendo: “I´m sorry. We could have stopped catastrophic climate change... we didn´t.” (Algo como: “Me desculpe. Nós poderíamos ter parado a catastrófica mudança climática. Mas não o fizemos.”, em tradução livre).

E o presidente do Brasil não foi a única vítima dos anúncios futuristas do Greenpeace. Outros sete líderes globais – entres eles, Barack Obama – também estão protagonizando a campanha da ONG. (Clique aqui para ver as outras imagens)

A ideia é pressionar os líderes globais para que assumam metas de redução de emissões mais agressivas na COP-15, o que evitaria a cena proposta nos anúncios. Faltando, apenas, três dias para o encontro, o que você acha: é um pouco tarde para fazer esse tipo de ação?



Fonte: Planeta Sustentável
Foto de Christian Aslund

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque aqui seu comentário