domingo, 15 de novembro de 2009

COP 15- Mande um recado para os líderes do mundo

Queridos Líderes do Mundo”. É assim que começa o cartão postal que você pode preencher e enviar, virtualmente, para os chefes de Estado dos países-membro da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.
É muito importante que todos eles compareçam em Copenhague, durante a COP-15, e assinem um acordo climático global ambicioso e eficiente.
Essa é a proposta do hotsite Climate Greetings.
Entre os diversos apelos dos mais diferentes lugares do mundo, as pessoas pedem para que os dirigentes das nações pensem nas gerações futuras; tomem soluções radicais para controlar o clima; mantenham o aumento de temperatura em, no máximo, 2ºC; cortem suas emissões de carbono; ajam com urgência e salvem o Planeta Terra.

E você, que mensagem deixaria para os chefes de Estado em relação ao que devem fazer em Copenhague?

Conheça o Climate Greetings.

Fonte: Planeta Sustentavel

3 comentários:

  1. 200 países estarão reunidos em Copenhague – Dinamarca, no período de 7 a 18 de dezembro para a 15ª Conferência das partes da Convenção das Nações Unidas sobre mudança do clima (COP 15). O Consultor do Ministério do Meio Ambiente e representante da comissão brasileira que participará da Conferência, Tasso Azevedo, explica porque ela será tão importante para o futuro de todos nós. Dentre outras respostas, Tasso Azevedo, diz que o desafio do encontro será conseguir um acordo entre todos os países no sentido de colocar nosso planeta num caminho de redução das emissões de gases do efeito estufa na atmosfera, evitando que a temperatura média não suba além do 2º C no século XXI. Caso haja uma elevação de temperatura superior a 2º C, podemos ter uma situação insuportável para todos os seres vivos. Os efeitos sentidos caso isto aconteça, podem ser além do derretimento de geleiras e elevação do nível dos oceanos, um aumento na ocorrência de tempestades, furacões em determinadas regiões, e secas prolongadas em outras, o que levaria também à proliferação de doenças infectocontagiosas.
    O Brasil engajando-se nesta empreitada mundial se comprometeu a reduzir em 80% o desmatamento até 2020, impedindo assim esta que é nossa maior fonte de emissão de Gases do Efeito Estufa.

    Aluno: Thadeu José Barbosa - FAJE.

    ResponderExcluir
  2. FAJE - Eliane Diniz19 de novembro de 2009 16:27

    O Brasil, país privilegiado pela natureza, abundante de água, florestas, com uma costa litorânea extensa, já começa a sentir as conseqüências do efeito estufa. Isto principalmente pelo desmatamento da floresta amazônica, onde impera a vontade pessoal do desmatador, ora pelo valor da madeira, ora para criar pastagens, ora para criar zonas de cultivo. Percebe-se que o lucro comanda a vontade e há necessidade de se cumprir as leis já existentes, que por não serem vigiadas são desrespeitadas, e que também outras leis mais rígidas sejam criadas e cobradas. No fundo, o ideal seria uma conscientização, porém esta acaba ficando em segundo plano ao concorrer com o econômico.
    É comum demonstrar que a obrigação de tomar atitudes pertença sempre aos governantes. Mas, e nós? Onde está nossa contribuição? E as responsabilidades cristãs que devemos ter, como estão? Escuta-se muito dizer que é preciso preparar o planeta para o futuro dos filhos. Porém, será que se preparam os filhos para o futuro do planeta?
    Temos obrigação e compromisso de mudar as condições para a melhoria do clima, que já está insuportável, e diminuição de gases de efeito estufa. Cada um de nós é responsável. O pouco de cada atitude realizada por todos, representa muito. Como cristãos podemos buscar, ao menos, um consumo mais consciente. E cada vez mais conscientizar as pessoas a nosso redor da necessidade e responsabilidade de todos para um desenvolvimento sustentável.

    ResponderExcluir
  3. Jesús M. Lora - FAJE22 de novembro de 2009 13:19

    Queridos líderes:

    Nuestro planeta está enfermo. Enfermo por el poco amor que le hemos manifestado. Clama por nuestro cuidado. Levántense de la silla, probablemente hecha del “hermano” árbol usado para que puedan sentarse. Abran las ventanas y miren para fuera. ¡Consiguen ver! ¿Qué ven? Seguro que un bello jardín. Mas, ¡será que todos los habitantes del planeta ven lo mimo que ustedes ven! ¿Qué vamos hacer? Seguir pensando con nuestra cabeza materialista y superflua, que ve nuestro planeta, solamente, como un mercado a ser explotado, ó, comenzaremos a cambiar nuestra actitud en relación a lo que fue puesto en nuestras manos para ser cuidado. Recuerden el juramento el día que se comprometieron con su país. El servicio es lo que da sentido a su vocación. Ahora ese compromiso no es sólo con su país, sino con el planeta. Apelo a su conciencia y sus deseos de construir un mundo mejor. No tengo duda. Más, necesitamos ver el mundo con los ojos de Quien lo creo. Imagino que en este momento los está mirando y viendo el esfuerzo que hacen. Por otro lado, como saben, todos los organismos vivos, dentro, de nuestro planeta están interrelacionados, uno es importante para la sobrevivencia de los otros, incluso nosotros. Es una comunión en espiral de ecosistemas, donde todo se socializa naturalmente y se sustenta. Cuidando de ello, cuidamos de tantos seres humanos que pasan hambre. La justicia que anunciamos para nosotros, seres humano, no puede ser otra que la empleamos para el cuidado de nuestro planeta.

    Hermanos, reciban un fuerte abrazo, a través del aire que respiran, del sol que los calienta, de las flores que los adornan y los perfuman. Toda está belleza que tenemos ahora, si no cuidáramos de ella, en el futuro sólo será posible verla virtualmente. No privemos a nuestros hijos de ello ¡Por favor!

    ResponderExcluir

Coloque aqui seu comentário